2 comentários sobre “662

  1. ” Dá a surpresa de ser.
    É alta, de um louro escuro,
    faz bem só pensar em ver
    seu corpo meio maduro. “

    Eu precisava hoje,
    Luis,
    mandar-te um abraço…

    mas esta mulher…
    interpõe-se entre os dois.

    E já nâo sei
    se me faz bem
    ou me faz mal
    pensar em ver…

    ” Meu Deus,
    quando é que eu embarco?
    Ó fome,
    quando é que eu como? “

    ¡Lá vai, outro abraço ao ar!

    Vou ficar bem salgado, bem salgado.

    boa noite,
    boa boa

    no colo da aboa
    com pâo de boroa.

  2. Também daqui vai um abraço. Mas não me fales em seios e barcos, porque isso são coisas que nos levam para outras partes, e depois não fica aqui ninguém para o abraço.

Deixar uma resposta